6 de agosto de 2014

Sobre crescer e sentir saudade


A vida nos surpreende... Disso a gente sabe mas faz questão de esquecer. Ou de pensar que esqueceu. Eu, por exemplo, que vivo dizendo que acolho novidades estou nesse momento surpresa com o tamanho da saudade que sinto. Não consigo medi-la e isso provoca um pequeno aperto. 

Sinto saudade de um tempo que se foi e que eu pensava que continuaria sendo. Saudade das melodias que estavam sempre presentes, dos aromas que perfumavam todas as coisas, dos passos que eu reconhecia de longe. Sinto saudade dos sorrisos, dos abraços e das palavras daqueles com quem cresci junto. 

Crescer dói um pouco porque você vai perdendo coisas mas também alegra muito porque vai descobrindo e conquistando outras. Fora da minha janela tem um céu e dentro do coração uma saudade.
Reações: